Notícias

NRF 2020: investir na metodologia ágil e inovar na experiência de compra são alguns desafios do varejo

Por: Bianca Borges, janeiro 15, 2020

Veja outros desafios que, segundo NRF 2020, as marcas precisarão superar

 

Especialista do varejo e grandes marcas estiveram presentes na NRF 2020 (Retail´s Big Show & Expo), para compartilhar experiências e discutir as tendências do mercado varejista nos próximos anos.

A ZOLY participou do evento integrando a Delegação do GS&MD (Grupo Gouvêa de Souza) e te conta, agora, o que foi destaque na maior conferência do varejo mundial.

 

O novo modelo dos programas de fidelidade

A concorrência entre as marcas está cada vez mais acirrada e para driblar esse fato, muitas marcas estão investindo nos programas de fidelidade com o intuito de aumentar o engajamento e intensificar suas relações com os clientes. No palco do evento, a Target e a Reebok falaram sobre os desafios de reinventar seus programas de fidelidade.

Para o Vice-Presidente de Marketing e Comércio de Marcas Digitais da Reebok, Matthew Blonder, a democratização do cenário do varejo tende a se expandir a cada dia e, diante desse contexto, as marcas têm a obrigação de criar conexões mais profundas e verdadeiras com os seus clientes.

Tanto a Target quanto a Reebok destacaram que observar os dados com mais atenção, foi crucial para o desenvolvimento das novas estratégias. Um exemplo disso é que, a partir da análise mais detalhada das informações, a Reebok conseguiu entender melhor o perfil e anseios do seu público-alvo e trouxe os reais desafios a serem resolvidos à tona.

Além dos dados, a simplificação é o outro fator que possibilitou o sucesso dessas marcas. A Target, por exemplo, era uma empresa que tinha diferentes tipos de ofertas de fidelidade que acabavam gerando muitas dúvidas entre os clientes e até para a própria equipe da marca. Simplificar o modelo de negócio fez toda a diferença e, a partir daí, a Target alcançou um outro nível na questão de atender as necessidades dos clientes.

 

Invista na metodologia agile

O agile marketing é usado com mais frequência no mundo publicitário, mas para grande parte do setor varejista, esse nome ainda pode soar um pouco estanho. Esse foi um dos temas abordados durante a palestra do CEO da Starbucks, Kevin Johnson, na NRF 2020.

Johnson contou que a rede de cafeterias agora possui um laboratório de experimentação que trabalha justamente com o método agile, e todos os projetos desenvolvidos nessa célula devem ser colocados em prática no prazo de 100 dias.

Mas quais são os benefícios dessa metodologia? Nosso CEO, Fábio Sayeg, que esteve presente na NRF 2020, explicou:

“Muitas organizações passam pelo problema de fazer muito planejamento e pouca execução, às vezes, chegam até a perder o timing de colocar o projeto em prática. A metodologia agile traz um upgrade para o mercado de trabalho com a sua dinâmica diferenciada que reúne pessoas de conhecimentos diferentes, mas com o mesmo objetivo de negócio e permite que elas consigam sentar juntas e construir uma solução ou criar algum produto ou serviço utilizando esse método. Entre os benefícios que o agile traz estão: o senso de integração, a agilidade e a qualidade multidisciplinar que faz com que muitos projetos saiam da prateleira. Essa técnica quebra os cilos das empresas e, quando isso acontece, a gente acaba com muitas das coisas que são entraves corporativos. Esse é o maior valor que o agile traz”.

Crie conexões verdadeiras com o seu cliente

Com tanta tecnologia à disposição, muitas empresas acabam esquecendo que o lado humano precisa ser uma prioridade. Esse foi outro tópico relevante que o CEO do Starbucks abordou em sua palestra.

A marca, que tem o propósito de “servir a humanidade”, está desenvolvendo um sistema de inteligência artificial para que os pedidos sejam reconhecidos pela voz do cliente. Dessa forma, o atendente não precisa colocar as informações no sistema e mantém o olhar na pessoa que está na sua frente. Essa é uma ação que mostra que a tecnologia pode ser usada como uma ferramenta para intensificar as relações humanas e não as ameaçar.

 

Inovação na experiência de compra é a regra

Os novos consumidores estão sempre à procura de novidades que agreguem valor ao seu estilo de vida e, as marcas, por sua vez, não podem parar de inovar. Algumas startups, presentes na NRF 2020, provaram que o fator inovação não está limitado ao tamanho da empresa e compartilharam ideias de sucesso com os participantes do evento.

Uma dessas startups foi a NTWRK que propõe uma mudança no conceito de compras domésticas nos EUA. Essa empresa, que tem como público-alvo os millenials e a geração Z, oferece produtos em primeira mão e por tempo limitado que são lançados por celebridades. A startup divulga os itens por meio de streaming de vídeo e mídias sociais.

De acordo com Aaron Levant, CEO da NTWRK, a intenção é transformar a plataforma móvel da empresa em algo parecido com um canal linear de televisão, no qual o usuário pode sintonizar por dia uma categoria que gosta, ao invés de procurar todas as categorias todos os dias. Ainda segundo o CEO, é a mistura de conteúdo e comércio que cria uma compra completamente perfeita.

Algum desses tópicos da NRF 2020 já está na pauta da sua empresa para esse ano? Se ainda não, essa é uma boa hora pra começar a pensar em enfrentar esses desafios.

*Com informações de Mercado e Consumo, site do Grupo Gouvêa de Souza
*Crédito da foto: divulgação NRF

 

Leia também: NRF2020: mindset digital, o poder dos dados e consumo viral são alguns dos destaques do evento

 

  • Receba nosso conteúdo em primeira mão.