Artigo

Web Stories: o futuro do SEO é contar histórias

Por: Leonardo Cruz
COMPARTILHE

 4.500 mudanças. Esse é o número de atualizações que o Google fez em seu mecanismo de pesquisa em 2020. Com transformações cada vez mais rápidas e constantes, é preciso que a mentalidade do mercado também cresça na mesma velocidade.

A evolução do Google faz com que todos os anos, eu precise escutar que o SEO está morto, mas pela primeira vez tenho de concordar: o SEO que fala apenas em links e publicações em blogs realmente está morto.

O foco do SEO é o usuário

No século 17, o Rei Luís XIV precisava financiar uma expedição pelo mundo para satisfazer sua curiosidade. Hoje, bilhões de pessoas realizam trilhões de pesquisas na palma da mão e cada uma delas é tão exigente quanto o famoso Rei Sol francês.

Diante dessa necessidade, para alcançar bons resultados, cada vez mais um time de SEO precisa deixar as questões técnicas de lado e focar sua energia em um tripé formado por criatividade, narrativa e experiência do consumidor.

O usuário é a chave para o sucesso. Não basta conquistar as primeiras posições, é preciso compartilhar histórias que superem as expectativas das pessoas e as façam não só engajar, mas querer sempre mais do conteúdo que você produz.

Para tornar essas narrativas envolventes, o Google evolui seus AMP Stories para os Web Stories. Uma forma cativante de apresentar histórias visuais adaptadas ao formato de story.

Afinal, o que são os Web Stories?

Os Web Stories são uma versão na web do famoso formato “story”. Ao utilizá-los, você pode exibir aos usuários do Google informações fáceis e rápidas de se consumir.

Hoje, a entrega desses conteúdos acontece via Discover, recurso disponível no aplicativo do Google no Android e iOS e usado por mais de 800 milhões de pessoas a cada mês. No futuro, o mecanismo de pesquisa pretende expandir essa funcionalidade para mais países e produtos da marca.

Se você ainda não viu um Web Stories, olhe com atenção a imagem abaixo pra começar a conhecer esse formato.

Fonte: https://blog.google/web-creators/web-stories-discover-search/

Agora vamos partir para uma experiência mais imersiva e ver os Web Stories na prática. Para isso, basta abrir o aplicativo do Google em seu celular, clicar em Discover e descer a tela até achar a seção “Stories”. Depois disso, volte aqui, porque quero te mostrar o potencial desse formato.

Será que vale a pena fazer os Web Stories?

Essa é uma pergunta válida, pois você precisa pensar em como implementar a produção desse novo formato em um fluxo de trabalho já consolidado. Bom, o que tenho a dizer é que, além de ser um bom recurso para entreter os usuários, os Web Stories podem trazer muita audiência para um site. Sério, estou falando de muita audiência mesmo. Quer saber quanta? Então dê uma olhada na imagem abaixo.

Em quatro meses de muito planejamento, cuidado com a narrativa e pensando nas necessidades do usuário, conseguimos imprimir nossos resultados 33.395.745 vezes no Google e gerar 735.585 cliques. E sabe qual é a melhor parte? Isso não quer dizer nada!

Se não fosse a aplicação perfeita do tripé de SEO da Zoly que mencionei acima, esses poderiam ser apenas números para montar algum case, mas fomos capazes de gerar resultados em profusão para nossos parceiros.

Com muita curiosidade para continuar testando um formato mesmo com um retorno inicial fraco, planejamento cuidadoso para mapear jornadas de aquisição e a preocupação de construir belas e divertidas narrativas visuais, criamos uma experiência que não só entretém como resolve necessidades reais dos nossos usuários.

Como última dica, recomendo que você fique atento não só a todos os Web Stories, mas a todas as mudanças que o Google vem fazendo, porque oportunidades como essa, gerada por um novo formato de conteúdo, podem surgir a qualquer momento e você tem que ser rápido para começar a agir.

Leonardo Cruz é Coordenador de SEO da ZOLY. Marqueteiro de formação e programador de coração, enxerga a busca orgânica como uma importante ferramenta para distribuir conhecimento e encontrar contexto em um mundo cada vez mais complexo.
    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.