Notícias

NRF2020: mindset digital, o poder dos dados e consumo viral são alguns dos destaques do evento

Por: Bianca Borges, janeiro 14, 2020

Confira os principais insights da maior conferência do mercado varejista do mundo, a NRF 2020

 

A NRF 2020 (Retail´s Big Show & Expo), maior conferência do mercado varejista do mundo, está acontecendo essa semana em Nova York. Com tanto conteúdo relevante, a ZOLY não podia deixar de estar presente. Nosso CEO, Fábio Sayeg, integra a Delegação do GS&MD (Grupo Gouvêa de Souza) que é conhecido por contribuir para expansão e transformação do varejo e consumo brasileiro.

Confira a seguir os insights dos primeiros dias do evento: 

 

Dados: o segredo do sucesso

Uma das palestras de destaque da NRF 2020 foi a do CEO da Microsoft, Satya Nadella que trouxe a importância dos dados e da boa utilização dos mesmos ao debate. De acordo com o CEO, o mercado do varejo é um grande gerador de informações, criando ao todo 40 terabytes a cada hora.

Agora, resta saber como as marcas vão utilizar todo esse conteúdo gerado. Mas para não errar nesse quesito, aqui vai uma dica do CEO da ZOLY, Fábio Sayeg:

 “O mais importante, além de coletar, organizar e, até por conta da LGPD, ter uma governança dos dados, é visualizar com clareza os objetivos do seu negócio. Entender o que você quer fazer e qual a melhor maneira de colocar a ideia em prática. Muitas vezes, as empresas coletam e utilizam os dados de qualquer jeito e com pouca aderência ao objetivo do business. Então, o importante é ter muito claro o que o seu consumidor espera ou como você pode surpreendê-lo com base nas informações que você captura e utiliza”.

 

Tenha um mindset digital 

Durante a sua apresentação, o CEO da Microsoft também chamou atenção para a necessidade das empresas se tornarem cada vez mais digitais, e isso não significa acabar com a loja física e investir em e-commerce. Aderir ao digital, implica em transformar modelos de negócios, reestruturar processos e trazer mais facilidade tanto para o dia a dia dos clientes como dos colaboradores, tudo isso, com o auxílio da tecnologia.

Pare e reflita: como a sua empresa tem utilizado o digital e que benefícios tal ação está gerando para o seu negócio?

 

Consumo viral: uma das tendências do varejo

Outro tópico importante na NRF 2020 foi o consumo viral. Essa é uma das tendências do varejo nos EUA e quem falou um pouco mais sobre o assunto para o público do evento foi o presidente de Retail do NPD Group, uma conceituada empresa de pesquisa do mercado americano.

Don Unser deu um exemplo do que é consumo viral: quando alguma celebridade recomenda um produto ou serviço, os fãs ficam ansiosos para experimentar.  No Brasil, não é diferente, mas, além das celebridades da TV, as que mais exercessem influência por aqui são os Youtubers, tanto é que, segundo pesquisas como a “We are social 2019“, a rede social mais usada pelos brasileiros no ano passado foi o Youtube.

Nesse contexto, o desafio das marcas é criar estratégias de comunicação para divulgar produtos e serviços que de maneira diferenciada.

 

O reinado do conteúdo não acabou

O conteúdo continua sendo rei e é muito importante para os varejistas que querem conquistar mais clientes. Agora, mais do que nunca, os canais que têm mais possibilidade de impactar clientes e trazer resultados positivos para as marcas são as redes sociais. Na NRF 2020, o painel que reuniu profissionais de empresas renomadas como Sephora, Instagram, Facebook e Rent the Runway, constatou que a ideia das comunidades,ou seja, grupos de pessoas que possuem gostos ou ideais parecidos, vai ganhar cada vez mais força. Apesar disso, a individualidade de cada pessoa precisa ser valorizada e as comunicações personalizadas.

Segundo Amy Eschliman, Senior VP & General Manager de eCommerce na Sephora, um dos trunfos da marca é ter uma equipe de mídias sociais que faz um excelente trabalho e consegue prover conteúdos que são, de fato, interessantes para a comunidade de clientes. É importante ressaltar que a marca consegue mesclar conteúdos de interesse dos consumidores com ações comerciais, orientadas para à venda.

 

Vá além da tecnologia

O papel da tecnologia foi mais um dos tópicos abordados na NRF 2020. De acordo com o Diretor Geral do Grupo GS&MD, Marcos Gouvêa de Sousa, essa é uma ferramenta poderosa para melhorar o desempenho das empresas, reduzir o stress do consumidor e aprimorar experiência do usuário. Porém, é importante lembrar que a tecnologia sempre será uma ferramenta e, é preciso ter um olhar mais abrangente do contexto que ultrapasse os limites dos recursos tecnológicos.

O problema é que muitas organizações ainda enxergam a tecnologia como um Must Have e acreditam que ela é a parte mais importante e a até única solução para resolver os problemas dos seus negócios, como explica Fábio Sayeg, CEO da ZOLY:

“Muitas vezes isso é uma muleta e o investimento nesse tipo de ação é vazio. É como se você comprasse uma Ferrari, mas não soubesse dirigir. Nessa questão, o consumidor fica em segundo plano, torna-se um estepe desse processo. Aqui na ZOLY, somos orientados a dados e colocamos o nosso cliente sempre em primeiro plano, por isso, a gente precisa entender como a experiencia dele pode ser melhorada. É necessário ter um entendimento da jornada completa do consumidor, desde o processo de captura de lead até o famoso Life Time Valeu do cliente. Quando você compreende todos os touchpoints, consegue entender qual a tecnologia necessária para aprimorar ainda mais a customer experience e surpreender o seu público-alvo. Ai sim a tecnologia é importante. Por tanto, decidir usar uma tecnologia sem ter os objetivos e o entendimento do negócio, de fato, é muito perigoso, porque você corre o risco de fazer um investimento errado e desnecessário”.

 

Sustentabilidade das marcas

A questão da preservação do meio ambiente e da criação de produtos e serviços mais sustentáveis está em debate. Na NRF 2020, essa discussão também veio á tona. O painel composto por representantes das marcas Beauty Bar, Walk with Walsh, Lush Cosmetics North America e West Elm retratou algumas iniciativas dessas marcas para se tornarem mais sustentáveis. Entre essas ações podemos citar: proibição de teste em animais, uso de materiais menos nocivos à natureza e mais transparência para com o consumidor.

 

Esses foram alguns dos temas abordados nos primeiros dias da maior conferência de varejo do mundo. Que tal colocar em prática algumas dessas ações e otimizar o seu negócio?

 

*Com informações de Mercado e Consumo

*Crédito da foto: divulgação NRF

  • Receba nosso conteúdo em primeira mão.